O núcleo começou no ano de 2012, iniciativa dos estudantes de Engenharia Ambiental do Centro Universitário de Sete Lagoas – UNIFEMM, em especial do, no momento, aluno Max Paulo que viu a necessidade da atuação social da Engenharia na região. O núcleo foi homologado junto ao ESF-Brasil em setembro de 2013, sendo o primeiro núcleo do Brasil registrado em uma universidade privada. De lá para cá, foram vários projetos realizados tendo hoje o prof. Max Paulo como professor orientador.

Seus projetos mais importantes, estão relacionados a captação de materiais para ações sociais, campanhas como: Páscoa Solidária, Natal Solidário, Visita a Asilos. Estão com uma enorme crescente nos projetos de Engenharia Aplicada, projetos como Hortas Escolares e Aquecedor Solar de Baixo Custo (feito com materiais recicláveis).

Os projetos impactam os mais diversos níveis da sociedade, assim como auxiliam as próximas gerações a continuarem sempre utilizando o lado social de suas profissões. O núcleo de Sete Lagoas, trabalha desde os ensinamentos das crianças em escolas públicas, assim como as classes socioeconomicamente vulneráveis, levando esperança para os mesmos.

A principal forma de arrecadação de recurso são as rifas, atualmente estão com o projeto “Pote de Doce” que consiste em colocar doces em um pote plástico e sair em eventos onde as pessoas possam dar palpites da quantidade de doces que tem no pote mediante uma contribuição em dinheiro para o núcleo (quantidade a cargo do participante).

Quer saber mais sobre o Núcleo Sete Lagoas? Acesse suas redes sociais ou entre em contato através do e-mail comunicacao.setelagoas@esf.org.br

Status: Núcleo Pleno.