O Núcleo Salvador foi fundado no fim do ano de 2016 por 5 estudantes de engenharia e um professor, que hoje é membro honorário do Conselho Consultivo. Organizacionalmente o Núcleo é dividido em quatro Diretorias que compõem a Diretoria Geral: Diretoria de Recursos Humanos, Diretoria Financeira, Diretoria de Comunicação e Diretoria de Projetos. Dentro desta última, estão constituídos sete Times de Desenvolvimento e Captação de Recursos, que trabalham em conjunto ou individualmente. Cada time agrupa os voluntários de acordo com as especialidades da Engenharia, sendo eles: Time de Civil, Time de Mecânica, Time de Química, Time de Elétrica, Time de Produção, Time de Ambiental e Sanitária, e um time interdisciplinar que reúne voluntários de outras engenharias e profissões.

Em todas as Diretorias e Times, o Núcleo trabalha com gestão ágil e liderança baseada em SCRUM. O principal sistema de informação utilizado pelos voluntários é o Trello, e com ele conseguem implementar um ambiente virtual sem a necessidade de custos ou de know-how em programação de websites.

Os projetos e ações do Núcleo Salvador funcionam com base nos pilares do Engenheiros Sem Fronteiras – Brasil. Dentre os projetos mais importantes, destacam-se: o “Ensinar Sem Fronteiras”, o “Engenharia nas Escolas” e o “Ajudar Sem Fronteiras”. Crianças são mais suscetíveis ao aprendizado e internalização das lições, dessa forma o “Ensinar Sem Fronteiras” leva educação ambiental para crianças de 5 a 14 anos, que estudam em escolas Municipais e Estaduais de Salvador, deixando sempre, além do benefício do conhecimento, um benefício para as instalações das escolas, como por exemplo, jardins ou hortas, que passam a ser responsabilidade da comunidade. O projeto induz à educação ambiental e transforma realidades das crianças à longo prazo, o que pode ser percebido nos relatos de pais e professores.

No projeto “Engenharia nas Escolas”, é levado um recorte do dia-dia dos engenheiros para escolas públicas estaduais, a fim de desmistificar a engenharia para jovens do Ensino Médio, mostrando o papel transformador dessa profissão. O projeto ajuda a mudar a perspectiva de futuro de alunos desmotivados em relação ao mercado de trabalho e na sua primeira edição, foi possível perceber o resgate da confiança de alunos pelo estímulo do projeto.

Já o projeto “Ajudar Sem Fronteiras”, busca apresentar soluções com base na engenharia para melhorar a operação de cooperativas e de outras Organizações que tenham um impacto positivo na sociedade, otimizando processos para levar lucro para comunidade carente que outrora pagariam para trabalhar.

O Núcleo Salvador acredita na instrumentação da engenharia como ferramenta de transformação social, promovendo o crescimento das comunidades que está inserido e na Capital Baiana.

Quer saber mais sobre o Núcleo Salvador? Acesse suas redes sociais ou entre em contato através do e-mail salvador@esf.org.br

Status: Núcleo Pleno.