A ideia de criar um núcleo do Engenheiros Sem Fronteiras em Ouro Branco, veio do aluno Ítalo do curso Engenharia de Bioprocessos durante a greve de 2012. Nesse momento, surgiu a vontade de construir algo que tivesse um impacto positivo na comunidade. Na volta às aulas, Ítalo procurou outros estudantes que se interessavam pelo trabalho voluntário e queriam se tornar agentes transformadores em busca de um maior desenvolvimento social. No início, a equipe era formada por cinco estudantes e uma professora para ser coordenadora do núcleo. Com muito empenho, conseguiram uma sala no CAP para exercer suas atividades e desde então o núcleo não para de crescer!

Hoje, o Engenheiros Sem Fronteiras –  Núcleo Ouro Branco conta com vinte e cinco membros efetivos que realizam projetos e ações sociais utilizando a engenharia, visando a transformação positiva da cidade de Ouro Branco e região. Além disso, contam também com o auxílio de vinte e nove membros colaboradores que participam da realização de nossas atividades.

O “SOLARIZE” é o projeto de maior destaque da Organização, tendo como objetivo levar qualidade de vida para áreas socialmente vulneráveis e com dificuldade de acesso à energia elétrica. O projeto ainda se encontra em fases de testes e consiste na construção e instalação de um aquecedor solar sustentável de baixo custo e tem um enorme potencial de ser replicado e gerar grande impacto na região do alto Paraopeba.

A Organização também já fez uma série de eventos, ações sociais e outras intervenções importantes, como as ações no Abrigo Estrela D’alva, o Projeto Revitaliza no CRAS, campanha do agasalho e arrecadação de alimentos para eventuais doações.

Quer saber mais sobre o Núcleo Ouro Branco? Acesse suas redes sociais ou entre em contato através do e-mail ourobranco@esf.org.br

Status: Núcleo Pleno.